A Solução é entregar o Brasil?

Por Sammer Siman

O golpe segue de vento em polpa. O interino, biônico e informante da CIA Michel Temer está – sob o mantra cínico de “superar a crise econômica” – operando uma entrega brutal do patrimônio nacional, recorrendo à mesma fórmula neoliberal que jogou o Brasil em desgraça na década de 90 e que alça hoje muitos povos europeus a uma condição miserável. Eis a Ponte para o Inferno!

Avanço da privatização no sistema de saúde e educação, entrega do setor aéreo nacional, ofensiva sobre o patrimônio público dos estados como contrapartida de um reles adiamento da dívida com a União (veja a entrevista da economista Eulália Alvarenga), preparação da privatização da Petrobrás como na recente nomeação de Nelson Silva (presidente da petrolífera BG Group que foi comprada pela gringa Shell) para consultor sênior da direção da empresa e o que pode se revelar como a entrega da Amazônia, diante da recente edição da portaria nº 181 de 15 de junho de 2016 do Ministro da Integração Nacional que institui um grupo de trabalho com o objetivo de “analisar os entraves ao desenvolvimento da Amazônia”.

De outro lado, os privilégios seguem intactos, a exemplo do sistema da dívida pública que mais uma vez não será auditado ou do assalto ao erário público, como no recém-aprovado reajuste a uma parte seleta do funcionalismo federal que terá um impacto de 58 bilhões até 2019 e que, de saída, aumentou salários como os dos ministros do STF de R$ 33.763 para R$ 39.293, certamente como uma retribuição pelo patrocínio do golpe de estado em curso por parte da mais alta corte do judiciário. Já a mídia, em especial a Rede Golpe de Televisão, saiu da condição de cão enfurecido contra a presidente Dilma para ursinho carinhoso com o golpista Temer, uma blindagem monumental!

Em Brasília, enquanto a Lava Jato segue com seu festival de delações a pergunta é se, ao fim, sobrará alguém da classe política para se colocar para as eleições de 2018. Uma falsa questão, pois a manutenção de um interino ficha suja na presidência está provando que a opinião popular é um detalhe irrelevante, quando se está alinhado com os interesses “do norte” o presidente pode ser um poste ou um pau de galinheiro.

Falemos de imperialismo! Os Estados Unidos e suas empresas seguem como operadores privilegiados do golpe. Este país, que a cada dia mais se revela como um fiasco civilizatório, ao produzir um constante festival de assassinos em série, ao contar com uma população de 35 milhões de famintos (sendo que 13 milhões são crianças) e ao correr um sério risco de eleger um psicopata para a Casa Branca (Donald Trump) segue dominando o mundo com um revólver na cabeça e, sorria, somos a bola da vez!!

Não nos enganemos: Cunha, Bolsonaro e companhia ilimitada é a espuma do golpe, os interesses que patrocinaram o sequestro da presidência da república guarda por detrás uma estratégia que promete levar nosso país a um aprofundamento radical da dependência e do subdesenvolvimento. No entanto, a resistência segue se produzindo em cada rincão, nosso povo começa a se mexer de uma maneira mais decidida, pois já deu o tempo do sofá, é hora de mexer o quadril! A Casa Grande que se cuide, pois isso aqui vai virar Palmares \0/

Tio-Sam-roba-petroleo

Fonte da imagem: elpolvorin.over-blog.es

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s